Feed
Posts

Endometriose

“Quem cuida de mulheres portadoras de endometriose se depara com pessoas cansadas, entristecidas, deprimidas e muitas vezes frágeis pela dor que enfrentam. Apresentam quadros dolorosos crônicos, que muitas vezes não mais respondem a analgésicos comuns, o que as obriga a procurar ajuda sistematicamente para terem suas dores atenuadas. São levadas por familiares que não sabem mais o que fazer quando as veem com tanta dor. Essas mulheres, que já consultaram médicos das mais diversas especialidades e até mesmo muitos ginecologistas, sem terem obtido o diagnóstico de sua enfermidade, sentem-se angustiadas e ansiosas para se verem livres das dores rotineiras. A remota possibilidade de pensarem que irão senti-las novamente as deixa absolutamente desesperadas. Há também as que se sentem sozinhas em sua longa peregrinação pelos consultórios, até porque seus familiares, quase sem esperança de vê-las curadas, muitas vezes se excluem das consultas. Muitas são consideradas pessoas que inventam sintomas e até de loucas algumas são chamadas, sendo submetidas a tratamento psiquiátrico para resolver a dor que “aparentemente” não tem causa física” (Dr. Reginaldo Guedes Coelho Lopes).

Assim vivem as portadoras de endometriose. É uma doença que acomete as mulheres em idade reprodutiva e que consiste na presença de endométrio em locais fora do útero. O endométrio é a camada interna do útero que é renovada mensalmente pela menstruação. Pode acometer mulheres a partir da primeira até a última menstruação.

Locais de envolvimento

Os locais comuns da endometriose são: fundo de saco de Douglas (atrás do útero), septo reto-vaginal (tecido entre a vagina e o reto), trompas, ovários, superfície do reto, ligamentos do útero, bexiga e parede da pélvis.

Sinais e sintomas

Os principais sintomas da endometriose são dor e infertilidade. As dores podem ocorrer antes ou durante o período menstrual. Ela surge de repente, trazendo transtorno físico, psíquico e social para a paciente. Aproximadamente 20% das mulheres têm apenas dor, 60% têm dor e infertilidade e 20% apenas infertilidade. A dor da endometriose pode ser cólica menstrual intensa, dor abdominal na relação sexual, dor com irradiação para a raiz da coxa ou para o ânus, dor para evacuar (às vezes, com diarreia) ou para urinar no período menstrual. Nos casos mais avançados, a dor pode ocorrer também fora do período menstrual.

Diagnóstico

O exame físico pode dar a entender a presença da doença devido a dor abdominal durante uma palpação, e ainda o médico pode notar uma presença de massa perto dos ovários ou por de trás do útero, através do toque ginecológico e retal. Exames complementares como a ultrassonografia transvaginal, ressonância magnética e ecocolonoscopia são excelentes métodos para o diagnóstico. A confirmação da doença é feita por laparoscopia, “que consiste na introdução de uma microcâmera através de um pequeno corte no umbigo e na manipulação da cavidade abdominal por meio de instrumentos cirúrgicos delicados que são introduzidos através de pequenos orifícios no abdome. Por ser considerada uma cirurgia (com anestesia geral), a laparoscopia assume cada vez mais um papel no tratamento (ressecção das lesões) e não no diagnóstico da endometriose.”

Tratamento

“A endometriose não é um câncer e não leva à morte. Porém, não se pode garantir a cura definitiva da doença mesmo com o tratamento adequado. São várias as formas de tratamento: cirurgia, tratamento hormonal, medicações específicas e ações em termos de qualidade de vida, como exercícios, alimentação saudável, tratamento psicológico.

Após a realização de uma laparoscopia bem-sucedida, com a retirada de todas as lesões da cavidade abdominal, há riscos de reincidência da doença.

A retirada do útero só acontece depois de esgotadas todas as possibilidades e nenhum tratamento surtir efeito. Mas isso é raro.

Fique atenta. Com a presença dos sintomas, em especial a dor, procure um médico ginecologista com urgência, pois quanto mais cedo se detecta a doença, mais rápido um tratamento adequado poderá ser iniciado.

Deixe uma mensagem

Spam Protection by WP-SpamFree